Tutorial Kivy. Exp1


O que é o Kivy?

A grande diversidade de plataformas computacionais no dias de hoje, baseadas em diferentes sistemas computacionais de características diversas tais como Android, IOS, Linux, Windows , MAC e muitos outros, faz com que o desenvolvimento de software para operar simultaneamente em diversos sistemas torne-se um pesadelo para o desenvolvedor.

Como seria bom se pudéssemos desenvolver um único código fonte e este código fosse executado em diferentes plataformas sem necessidade de maiores ajustes por conta do desenvolvedor!! O usuário poderia mudar de plataforma e o seu software preferido estaria lá, sendo operado de maneira idêntica. E a cada nova versão o desenvolvedor se preocupa apenas com um novo fonte… Um sonho?… Não, a resposta é o Kivy!

Kivy é uma biblioteca Python (se você não sabe nada de Python é melhor começar a estudar. Não é necessário ser um expert, mas conceitos básicos da linguagem serão necessários para você aproveitar bem o estudo do Kivy).
Kivy te permite implementar interfaces com o usuário que se utilizam dos recursos de hardware modernos (por exemplo, multi toque), que dispomos hoje nos telefones e tabletes. A interface opera de forma similar nos convencionais laptops e desktops com Linux, Windows ou OSX.
Kivy é gratuito e pode ser utilizado no desenvolvimento de sistemas comerciais.

Ambiente de desenvolvimento Kivy em Linux

O nosso desenvolvimento em Kivy está sendo realizado em ambiente Linux, distribuição Mint 17.1. Outras distribuições ou sistemas operacionais terão requisitos semelhantes.

Você necessita ter instalado o Python 2.7. Ele vem geralmente por “default” já instalado nas distribuições Linux.

Para instalar o Kivy digite o comando:

sudo apt-get install python-kivy

Desta formas as dependências já serão instaladas. Simples assim !!

Para a edição do código fonte sugerimos o excelente editor Geany. Claro que você pode utilizar o seu editor preferido, mas se for utilizar os diferentes extras que desenvolvermos para este editor, será melhor operar com ele desde o início.

Para instalar o Geany:

sudo apt-get install geany

Ok, isto é suficiente para iniciarmos. Vamos por a mão na massa agora.

Primeiro programa Kivy. Mostrando uma imagem

Uma vez com o Kivy instalado, podemos ter uma ideia da linguagem. Crie um diretório chamado exp1 e armazene nele o arquivo exp1.py com o seguinte texto.


import kivy
kivy.require('1.7.0')

from kivy.app import App
from kivy.uix.image import Image
from kivy.uix.widget import Widget

class ShowImage(Image):
	pass

class MyApp(App):
	def build(self):
		return ShowImage(source='folhaGigante.jpg',pos=(0,0),size=(512,512))

if __name__ == '__main__':
	MyApp().run()


O nome da foto a ser mostrado é “folhaGigante.jpg”. Coloque um arquivo jpg com este nome, (ou outro nome mas altere no fonte) no mesmo diretório exp1.

Você pode obter este arquivo e a foto da folha nesta página. Procure pelo arquivo pack150512.tar.gz.

Abra um terminal no mesmo diretório “exp1” e digite:

python exp1.py

Se você usou a mesma figura que nós, na sua tela deve aparecer a seguinte imagem:

 

Mostrando folha com Kivy

É uma folha de árvore amazônica, da altura de um ser humano.

Ou seja, em 12 linhas de código você criou um programa que te permite apresentar uma figura na tela. Ok, não é um programa tão diferente assim, mas você o criou em poucos minutos e com muito pouco de digitação.

Se você já tem experiência com programação em outras linguagens, compare como seria feito o fonte numa linguagem que você já conheça. Lembre-se de este desenvolvimento foi realizado em Linux, mas o mesmo código executa corretamente em Windows, OSX, Android, IOS…

No próximo post vamos aprender como colocar um texto na tela.

Deixe um comentário